Urgtec Software para Protéticos

© 2020  copyrights by Urgtec LTDA

Parceiros

Siga-nos nas redes sociais

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube

Rua Jaguaré, 91 - Jaguaré - São Paulo - SP

05344-030

0800-878-0045 | 11 3297-9600

  • Urgtec

As tecnologias aplicadas aos Laboratórios de Prótese


A evolução tecnológica nos trouxe outra perspectiva de como olhar o mundo e na área odontológica não seria diferente, logicamente. Neste artigo apresentaremos brevemente algumas das novas tecnologias aplicadas aos laboratórios de prótese e como elas estão provendo maior conforto aos pacientes e maior agilidade nos processos, tanto para os protéticos quanto aos dentistas.


Escaneamento Digital


Além de preciso o processo é bem mais rápido, na maioria dos casos não necessita de repetição e é muito mais confortável ao paciente pois não necessita de inserir nenhum tipo de massa para moldura. Tudo é feito digitalmente e na hora já é possível visualizar se terá de refazer o processo, economizando assim tanto o tempo do paciente quanto do profissional que está prestando o serviço.


Tecnologia CAD/CAM


Após o escaneamento digital, por meio do software CAD (computer-aided design) é possível desenhar digitalmente a prótese que for necessária. Essa etapa pode ser realizada até na própria clínica.


Passado o processo digital, o projeto é enviado ao CAM que é o software que realiza a manufatura da prótese desenhada no CAD, ou seja, torna físico o que até então era virtual. Um programa controla uma unidade fresadora com movimento em vários eixos que torna possível usinar com alta precisão o material, dando forma e acabamento.


Dando uma olhada pela internet é possível achar preços mais acessíveis para aquisição de maquinas e moveis para laboratórios de prótese. Materiais como recortador de gesso, articuladores, lixador, motor de polimento e eliminador de bolhas de gesso são facilmente achados em uma pesquisa rápida pelo Google.


Escala de cor digital


Por meio de um aparelho já é possível determinar precisamente as cores dos dentes. Isso reduz o erro que ocorria, comparado a análise aos olhos humanos. Fatores externos facilmente impactam, como por exemplo a luz no local tirando o foco na hora de analisar a escala VITA. Este aparelho consegue captar variados componentes de cor e custa em média R$11.000,00.


Infelizmente poucos tem acesso a essas tecnologias em nosso país por conta do valor alto que apresentam e não possuímos uma quantidade relevante de mão de obra especializada para operar esses aparelhos. Além de economia de tempo e conforto, o impacto ao meio-ambiente seria muito menor em relação aos métodos convencionais, portanto é inegável os benefícios que meios digitais nos trazem e ceder ao avanço só nos limita a progredir.

0 visualização