Urgtec Software para Protéticos

© 2020  copyrights by Urgtec LTDA

Parceiros

Siga-nos nas redes sociais

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube

Rua Jaguaré, 91 - Jaguaré - São Paulo - SP

05344-030

0800-878-0045 | 11 3297-9600

  • Urgtec

Ransomware: Saiba o que é e como proteger as suas informações.


Ransomware é um tipo de código malicioso que torna inacessíveis os dados armazenados em um equipamento, geralmente usando criptografia, e que exige pagamento de resgate (ransom) para restabelecer o acesso ao usuário. caso não ocorra o mesmo, arquivos podem ser perdidos.


O pagamento do resgate geralmente é feito via bitcoins, sendo assim, impossível de ser rastreado.


Um exemplo deste tipo de malware é o que criptografa arquivos no computador da vítima. Após o "sequestro" dos dados, o malware informa que os arquivos somente poderão ser recuperados com o uso de uma chave, quase impossível de ser quebrada, que a vítima receberá após efetuar sua compra em um site do atacante. Trata-se de um golpe ou de fato uma ação extorsiva pois esse tipo de hackers, mesmo após o pagamento do resgate, podem ou não fornecer a chave para descriptografar os arquivos.


Como ocorre a infecção?


O ransomware pode se propagar de diversas formas, embora as mais comuns sejam:


  • através de e-mails com o código malicioso em anexo ou que induzam o usuário a seguir um link;

  • por meio de softwares piratas ou crackeados;

  • explorando vulnerabilidades em sistemas que não tenham recebido as devidas atualizações de segurança.


Como proteger seu computador?


Para se proteger de ransomware você deve tomar os mesmos cuidados que toma para evitar os outros códigos maliciosos, ou vírus, como:


  • manter o sistema operacional e os programas instalados COM TODAS AS ATUALIZAÇÕES APLICADAS;

  • ter um bom antivírus instalado e atualizado periodicamente;

  • ser cuidadoso ao clicar em links ou abrir arquivos, seja por e-mail ou site que pareça duvidoso.


Fazer backups regularmente também é essencial para proteger os seus dados pois, se seu equipamento for infectado, a única garantia de que você conseguirá acessá-los novamente é possuir backups atualizados.


A cópia periódica de arquivos importantes em uma unidade extra e segura garante que não haverá problemas maiores no caso de uma infecção nos arquivos originais. Com a grande oferta de drives externos existentes, não há desculpa para deixar o backup de lado. A solução mais efetiva é manter os arquivos na nuvem, dessa forma, é praticamente impossível ser infectado. Utilizar sistemas que gravam os dados diretamente em nuvem, como o ProteseCloud, é uma boa solução.


Como os ataques mais frequentes envolvem empresas, a cautela com a segurança de dados deve estar em dia e a rede deve ser monitorada constantemente.

0 visualização